El Marronzito

Os cento e pouco trabalhos de Ronin

16 Comentários

Atlas carrega o globo e o pensador canta João Gilberto

Bem antes das graúdas pensões alimentícias que os jogadores de futebol e cantores bregas pagam a modelos, marias-chuteiras e periguetes, Atlas, um dos titãs que atacaram o Olimpo, já carregava um belo fardo no cangote: carregar o Globo entre seus ombros.

Aqueles que entedem que Mitologia Grega é muito mais que os Cavaleiros do Zodíaco e Fúria dos Titãs, sabem que o tal Atlas teve 12 tensos trabalhos impostos por Zeus, o Luis Inácio que mandava e desmandava naquelas épocas em que corno era chamado de Minotauro.

Guardadas as proporções físicas e temporais (sou alguns  milhões de anos mais jovem que  Atlas, mas mesmo assim não consigo carregar 1 saco de cimento nas costas), esse jovem que vos escreve também teve alguns trabalhos a serem cumpridos. Alguns não, aos todo foram 110.

Lá pro fim de novembro, fui contratado pela Secretária de Educação de um munícipio próximo de Sampa. A missão: visitar e retratar 110 Emebs (Escolas Municipais de Ensino Básico). A ideia do contratante era produzir cartões postais fofos, que mostrem o ambiente escolar de forma atraente. Cartão postal é isso aí (ou alguém já viu um cartão do RJ que mostrem a turma do Capitão Nascimento estourando cérebros no Alemão complexo?).

?

!

Posso dizer que eu e o Paulão, meu fiel escudeiro/motorista nessa intrépida missão, vimos de tudo um pouco. Desde doces anjos até pequenos que nasceram pra protagonizar “O Pestinha 4”. Tinha criança que entrava na frente da câmera e enfiava a cabeça na lente, como também tinha criança que corria ao ver o moço da foto. Tinha criança sorridente e criança bicuda. O mesmo vale para os adultos que, na verdade, são crianças de Itú que tomaram chá de bambú (aquele do Silvio Santos não vale).

Não vou me alongar no papo, pois as imagens falam melhor de tudo que  rolou nesses quase 20 dias de intensa labuta.

Apesar de alguns pesares, gostei bastante do resultado final.

Bem, quem me acompanha sabe que o negócio foi puxado, então, eis as fotos:

 

Deu saudades dos tempos de parquinho. A minha calça ficou tão suja quanto a da molecada sapeca

Sim, as crianças estranham meninos estranhos

Também há crianças que não estão nem aí pra presença estranha

Uma das fotos mais bacanas. No chuva, no problemas logísticos, no diretoras bravas

 

Uma lição aos marmanjos que brigam nos estádios. Paula Nunes e Edilsinha

Quando fiz essa foto, lembrei que nunca usei um microscópio na vida. Snif

S/C

Nessa escola tem uma casinha com fantasias para as crianças. No meu tempo, se eu aparecesse vestido de Batman, a professora mandava voltar pra casa

A prova que as mulheres são mais maduras que os homens

NBA

Kawai

"Vai tomar te cru", disse a menina. Depois, entendi que ela é produto do meio em que vive. Admiro o pessoal que luta pra fazer o que os pais não fazem. Depois ficamos quase coleguinhas

Strobist Total. Um flash no laptop e outro pra iluminar a cena

Há doletas, le peti, peti colâ, Les café com chocolâ

 

As frases mais geniais dos 110 trampos:

“Ele disse que você é um neguinho feio” – disparou o garoto apontando o indicador na minha direção e delatando um amiguinho.

“Você é barrigudo igual o meu pai” – frase proferida por um pequeno ao avistar o Paulão.

Cena épica

“Você é o pai da Ana?” – questionou um menino que após pegar na minha mão, mostrou a tal Ana (uma negrinha linda e sorridente).

Números:

110 Escolas Fotogradas

6.623 Fotos

14 crianças berraram vertiginosamente ao me ver

278 crianças me chamaram de tio

0 telefones trocados com as professoras balzacas

3 banhos de chuva

23 vezes escutei “Saia. O que você está fazendo aqui?”

2 montinhos infantis sob minha cabeça

770 vezes as pessoas erraram meu nome

1 xingamento

273 abraços

Considerações finais

Ufa, chegou ao fim. Só tenho que agradecer a quem me ajudou no trampo, a quem realmente acredita no meu trabalho e para as pessoas que foram simpáticas nessa empreitada. Um parabéns especial para aqueles que cuidam carinhosamente desses pequenos. Sei que a situação é tensa, mas com amor, dedicação e umas palmadas, tudo da certo. Se não der, chamem a Super Nanny que ela resolve.

 

Obrigado pela visita (tá escrito na lousa. Só quem tem coração infantil consegue ler)

 

Anúncios

Autor: ronielfelipe

Jornalista e Fotógrafo

16 pensamentos sobre “Os cento e pouco trabalhos de Ronin

  1. Meus parabéns. Fotografar crianças é uma delícia mas não é mole não.
    Minha experiência com os baixinhos se resume em uma única festa infantil com 40 capetas de 7 aninhos… Meu Deus… Fico com dor de cabeça só de lembrar…

  2. Ah Roni… por isso eu sou sua fã! Amei e me emocionei…

  3. Lindo, Ro!

    Vc se supera a cada trabalho.

    Fotografar criança realmente não é fácil e vc se saiu super bem, pra variar. Já é um fotógrafo mais que profissa. Já te vejo publicando aqueles livros estilo “Um Dia Daqueles”! 🙂

    Um beijo!

  4. Impressionante!!!

    Parabéns Roni!!! Mais uma pra contar…
    Amei a narrativa e não me canso de ler o que escreve e nem de suas pics!!
    abx…
    Qual é a proxima tarefa?

  5. Fabuloso seu trampo!
    Queria que mais pessoas tivessem essa sensibilidade que você tem no coração. Quem sabe assim, o mundo pararia de se preocupar tanto com o dinheiro e se preocupasse mais com o humano.

    Abraço, seu trabalho é invejável (mas, no sentido bom da coisa).

  6. vC me surpreende a cada nova foto, sou sua fã….!!!

    Ser um adulto no meio de crianças, não é tarefa das mais FÁCEIS, sei bem o que estou dizendo….hauhauha!!!

    Mas não à dinheiro no mundo que nos traga um sorriso assim como os vistos em sua ARTE…rs! É um imenso prazer receber um gesto simples de carinho deles em agradecimento pelo ensino de coisas novas.

    Estes pequenos grandes gênios, nos usam como espelhos..

    Melhor refletirmos algo de EXPECTAMARVILHOSOPOWER, pois nem todos os dias, são feitos de sorrisos!!

    Happy Day!!!!

    BjãO negãO do meu coraçãO!!!

  7. Ta difícil escrever alguma coisa sem ficar repetitiva boba… Lindas as fotos, lindas, lindas. Pelo jeito (e pelos números publicados) a correria toda valeu a pena. A única coisa que eu acho que nunca te disse, é que gosto REALMENTE muito dos seus textos…. Parabéns, carregar cimento qq um pode fazer, o seu trabalho é tão bacana porque é só seu…. Ps. Vou resolver a parada do microscópio. Beijos

  8. Muito boas as fotos!
    Ângulos e tomadas reveladores, de gente que esconde pouco, mas se mexe muito….
    Só uma correçãozinha… Quem teve 12 trabalhos foi Hércules, num deles carregou o céu para q Atlas o ajudasse….
    Acho q vc fez um samba do fotógrafo afro-brasileiro doido.
    Mas deu pra entender a imagem de moço sofrido!
    Boa sorte em todas as suas empreitadas!

  9. Boa Ronin. e vc esqueceu de contar que além dessas 6 mil e tantas fotos, vc ainda cobriu vários eventos em paralelo. vc é fuedas negão. Fifa hoje? abs!

  10. um dos melhores posts (considerando a minha humilde opinião de leitora). Tu é brilhante nego, meu amigo e agora “tio” de 278 crianças fofinhas e ramelentas ^^

  11. ah devo elogiar as fotos também, parabéns pelo trabalho

  12. Parabénss!!lindas fotos e realmente as mulheres são mais evoluídas que os homens isso é certeza rs rs rs bjsss

  13. Números impressionantes! Adorei! Nada como a nobreza e a sinceridade dos olhares das crianças!

  14. Roni, que trabalho lindo! Quero ver esses postais, hein..

    Aliás, uma das melhores coisas do mundo são os sorrisos e abraços de crianças!

    Beijão

  15. Lição de vida, né? Mas as fotos ficaram ótimas, como sempre!!

    Parabéns!!

  16. Parabéns garoto talentoso. Gostei muito!

    Beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s