El Marronzito

Direto do mundo do Windows

5 Comentários

Você pode não gostar, mas ela faz parte da sua vida de usuário de computador.

Se você não é um Macmaníaco nato ou passou os últimos 35 anos na ilha de Lost, sabe que estou falando da Microsoft. Foi em uma bela sede da empresa de Bill Gates, que aconteceu o mais recente trabalho fotojornalístico do jovem negro de madeixas rebeldes que vos fala. A missão: adentrar o luxuoso prédio da multinacional e fotografar  um alto executivo que executa funções executivas.

Acompanhado do designer e amigo Ed Edson Diniz Kikuchi, da simpática marketeira Thaís Rocha (uma bela jovem que declarou seu vício em colecionar figurinhas  da Copa do Mundo) e do motorista mano do carro preto sem adesivo de “Reportagem”,  rumei para a Torre Norte, na bem localizada e frequentada Avenida das Nações Unidas, Pinheiros, Zona Oeste da Cidade da Garoa.

Após sermos enviados ao 31º andar, fomos gentilmente recepcionados no  andar de cima. Lá, encontramos  Carlos Zimmermann, gerente de produtos da Microsoft Brasil. Simpático, expressivo e hora lembrando o Gugú, hora o Fábio Assunção,  “O Cara” foi um entrevistado dos mais agradáveis.

Tão interessante quanto o papo (que vai virar um belo texto nas páginas de uma revista de Informática, mas não vou falar o assunto porque 1-não é da minha conta, 2-os nerds já sabem de cór e salteado as novas peripécias da empresa do Tio Bill 3-nesse momento o Ed está quebrando a cachola pra montar uma arte que valha seu polpudo salário na Abril) é o ambiente de trabalho dos funcionários da Microsoft.

Quem é que não gostaria de trabalhar em um lugar que tem videogame, televisão de LCD de muitas polegadas (estava maravilhado com tudo, não tive tempo pra contar as “), algodão doce, luzes neon, doces, doces e travessuras, cadeiras futuristas e aconchegantes, baías multicoloridas e mais algodão doce?

Creio que um dia, num futuro não muito distante, outras empresas adotarão um clima mais amigável para o ambiente de labuta. Nada de relógios de ponto sisudos ou chefes de sessão sádicos. As sonecas pós buchadas, feijoadas, rabadas e outros adas, nunca mais serão realizadas sob o pedaço de papelão ou a caixa da geladeira comprada em 24x nas Casas Bahia. Divã para todos.

Os meninos poderão jogar Rock Band e as meninas poderão ver Vale a Pena ver de Novo (de novo).

Enquanto esse dia não vem, vamos babando com o fantástico ambiente de trabalho do pessoal da Microsoft (as fotos não ficaram muito boas porque eu estava no corre).

Na saída do prédio, um dos funcionário ao me avistar com a câmera nas mãos, me deu uma excelente dica: “Fotografa aquele cara que ele é famoso”, disse o rapaz magro de terno, apontando para um sujeito de calça bem agarrada, cabelos coloridos e falando ao celular. No primeiro momento, eu, Ed e Thaís não reconhecemos a celebridade.

Em alguns segundos, avistei um outro famoso e deduzi que se tratavam de Guilherme e Santiago. Alguém levantou a bola de Emílio e Santiago, mas melhor esquecer. Nesse dia também avistei o glorioso Luciano Huck, mas afinal, que diabos esses encontros tem a ver com o tema do post?

Aproveite e mande seu curriculum para a Microsoft e para a Google, que também tem um ambiente de trabalho dos mais bacanas.

O Cara, Carlos Zimmermann, Gerente de Produtos da Microsoft Brasil
Lembra a sala da Liga da Justiça, mas é a uma das salas do prédio da MS. Segundo o Ed, trata-se da Porta da Esperança
Algodão doce, neon, uma TV e um Xbox 360 à direta e um tonto babando atrás da câmera. Lembrou a nave do “Guia do Mochileiro das Galáxias”
Olha o Xbox 360 aí. A moça de preto não gostou de eu ter chegado perto do console. Vai ver é viciada em Halo
Anúncios

Autor: ronielfelipe

Jornalista e Fotógrafo

5 pensamentos sobre “Direto do mundo do Windows

  1. Olha, você me denunciou heim! hehehe
    Por sinal, comprei figurinhas hoje =)

    Falei pro Edinho, vamos pedir demissão e ir trabalhar com vista para a Ponte Estaiada mew. Hauhaua

    A gente fala, fala, mas nosso prédio também é bem simpatico vai..eles têm alguns andares, nós temos o prédio inteiro!

    Beijos Roni, té mais

    • Esqueceu de falar da ciclovia com vista pro Tietê. Apesar de ser bacana descer escadas, era mais gostoso visitar o 16º andar. Estávamos mais perto do céu, pois alguns críticos dizem que acima da Veja está Jesus Cristo. Um cara que se tentou jogar do prédio da Abril disse isso um dia…juro!

  2. Parabéns hein cara, ótimo matéria!!! Muito interessante…..deu uma vontade de jogar este X BOX confessa ai?rs é que a mulher ficou te encarando mt, senão tenho ctza que vc jogaria!!! ; )

  3. Morri de rir com seu texto…imagino mto vc falando!!!
    Já começou bem com tal mistura Gugu x Fabio Assunção…BINGO!
    A mocinha de preto realmente queria de ‘assassinar’ por chegar tão perto do game.
    Vou te mandar meu cv para quando vc visitar outras empresas assim…com algodão doce, claro!
    Legal …mto legal seu texto!
    beijos

  4. Pingback: Poligamia, nerds assumidos e hotéis luxuosos « El Marronzito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s